terça-feira, 1 de janeiro de 2013

PINGA FOGO com Anthony Leahy, Editor do Instituto Memória:

"Sou movido a paixão! Estou sempre lutando por ideais e acredito que as nossas lutas nos definem. Pobre daqueles que só lutam por dinheiro. Prefiro morrer em pé do que viver de joelhos, afinal, como dizia Kant, quem se arrasta como verme não pode reclamar de ser pisoteado! Sou um editor e, antes, um Autor. Não sou um burocrata dos livros. Faço questão de conhecer, acompanhar, ler todos os meus autores. Faço questão de rir e chorar junto. Não é uma mera relação jurídica, mas, antes, e principalmente, de cumplicidade. Repito sempre que sem autores não existiriam editoras e livrarias, mas autores existirão sempre."


Anthony Leahy


1 - POR QUE PUBLICAR SEU LIVRO? Porque a gente passa e os livros ficam! E, de alguma forma, ficamos juntos em um exercício imortalidade e em um legado para as futuras gerações e descendência. Afinal, o que não se compartilha, se perde.


2 - POR ONDE LANÇAR SEU LIVRO? Por uma editora cujo valores você se identifique. Um bom referencial é conhecer a luta do editor responsável. Afinal, nossas lutas nos definem. E hoje, com o "Google", nada mais fácil do que pesquisar a realizações dos outros...

3 - TANTO FAZ GRÁFICA OU EDITORA? Não. Gráfica não publica livros, apenas imprime, enquanto Editora avalia e endossa sua obra diante da sociedade.  Afinal, livro sem editora é como uma "Lacoste" sem o famoso "jacaré".

4 - É FÁCIL PUBLICAR UM LIVRO? Por uma editora séria e responsável, não! Tem que ser analisado-aprovado por um conselho editorial. Agora, se for por gráfica, como não é livro, apenas um impresso, basta pagar e receber sua "obra"...

E LEMBRE-SEcomo apregoava o Leminski: "Sem produção não há salvação!"

Forte abraço do Anthony
editora@institutomemoria.com.br

Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és... 
... ou, no mínimo, se irei junto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário